Resenha: “As Seis Lições” de Ludwig von Mises

51w6az30jfl-_sx344_bo1204203200_

4-estrelas

Título: As Seis Lições
Autor: Ludwig Von Mises
Editora: Instituto Mises Brasil
Ano: 2016 (7ª ed.)

Recebi a indicação desse livro da minha amiga Isabella (que costumava escrever matérias bem delicadas pro GATILHO) devido ao meu recente interesse em livros de economia. Como disse, é recente. Tudo que comento aqui é do ponto de vista de um leigo que não sabe nada e ainda tá tentando parar em pé nesse furacão de informação.

A Isa faz Economia, então eu fiquei meio receoso que pudesse ser um livro denso. Mas ela garantiu que esse era de leitura fácil e que eu ia gostar. E ela acertou.
Meus destaques:

  • Livro curto. Tem apenas 106 páginas, o que é particularmente atrativo pra um livro que trata de assuntos complexos.
  • Dividido em seis partes: O livro é adaptado de uma série de palestras do autor em Buenos Aires no ano de 1959. Os capítulos tem os nomes de: “O Capitalismo”, “O Socialismo”, “O Intervencionismo”, “A Inflação”, “Investimento Externo” e “Política e Ideias”.
  • Entra no hall de Crash e Guia Politicamente Incorreto da Economia Brasileira de livros acessíveis para entender economia e também o ponto de vista da escola austríaca. Ainda bem que tive sorte com isso em todas as leituras até agora.
  • Leitura objetiva. Sem muitos rodeios e academicismos, o autor é objetivo no que quer explicar. Isso torna a leitura bastante agradável.
  • Contextualização histórica: quem gostava das aulas de história na escola, vai curtir esse livro. Mais do que jogar informações, ele contextualiza.

Vale a pena comprar? Sim! Os motivos eu já explicitei acima. E, mesmo se não quiser comprar, o PDF da obra está disponível no site do Instituto Mises Brasil. Então não tem desculpa, hein?

Clique aqui para ver opções de Kindles.

Anúncios